Não é cadastrado, clique aqui!
Não é cadastrado, clique aqui!
Quinta-feira, 24 de abril de 2014
Esquerda
Direita
Share
Publicada em 27/09/2011
881 pessoas já leram esta matéria.  

CDL ajuda consumidores a negociar dívidas e retirar o nome do SPC

Quase 500 mil pernambucanos estão com o nome no SPC; 52% deles são mulheres de 30 a 40 anos, segundo pesquisa da CDL O fim do ano está chegando e a maioria das pessoas já pensa de Natal, mas para 500 mil pernambucanos cumprir essa tradição pode ser mais difícil desta vez. De acordo com o presidente da CDL, Eduardo Catão, 52% dos endividados são mulheres entre 30 e 40 anos. Destes, 34% delas estão desempregadas. São consumidores que estão na lista do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).  O que os consumidores pode fazer para voltar ter crédito? A Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) administra o SPC e pode ajudar.

A pessoa que está com dívidas precisa procurar a empresa ou o cartão para negociar.  No caso de empresas ligadas a CDL, a pessoa precisa apenas comparecer pessoalmente a sede da Câmara, que fica rua do Riachuelo, nº  105, bairro da Boa Vista, portando um documento de identificação para negociar. Assim que o problema é resolvido, o nome do consumidor é tirado do SPC e também do Serasa. “Quando o consumidor vem negociar de forma espontânea e quer pagar de uma única vez, é possível conseguir uma redução no débito”, informou o presidente.

Quem parcelou a dívida que não conseguia pagar antes, pode voltar a compra a prazo antes de quitar o débito. Funciona como se fosse feita uma nova compra e, a partir daí, o nome do cliente sai do SPC e ele pode voltar a fazer compras normalmente.

No caso de negociação direta com lojas e cartões de crédito, o nome do consumidor deve ser tirado da lista em até cinco dias úteis. Se isso não acontecer, a pessoa pode procurar a CDL portando o documento que prova o pagamento da dívida e pedir que o nome seja retirado.

A Câmara dos Dirigentes Lojistas do Recife fica na rua do Riachuelo, nº  105, bairro da Boa Vista – 1º andar . O horário de funcionamento é 8h às 18h e não fecha para almoço.

Fonte: Globo.com - 26/09/2011

Destaques

Cadastre-se e receba notícias. É grátis!