Não é cadastrado, clique aqui!
Não é cadastrado, clique aqui!
O Ministro do STF Luiz Fux concedeu auxilio-moradia de R$ 4.377,73 para todos os desembargadores, juízes e promotores de justiça. O gasto pode ser de bilhões de reais por ano. O que você acha?
Não concordo, pois é um abuso com o dinheiro público.
Não concordo, por outro motivo.
Concordo, estes servidores da justiça fazem juz a este benefício.
Sexta-feira, 28 de novembro de 2014
Esquerda
Direita
Share
Publicada em 21/08/2014
54207 pessoas já leram esta matéria.  

Saiba quais são os serviços bancários que não podem ser cobrados

Nestes últimos anos, não bastassem os juros bancários exorbitantes, os bancos descobriram o quanto poderiam faturar com a cobrança dos famosos “serviços bancários”.

É tarifa que não acaba mais, para todo e qualquer tipo de serviço, desde tirar extrato até usar o cartão. E as tarifas e seus valores aumentam mês após mês.

Mas há serviços que não podem ser cobrados, ou seja, estão isentos de tarifação.

Um destes serviços é o da conta-salário, sobre a qual não pode ser cobrada nenhuma tarifa pela sua movimentação normal.

Mas o Banco Central do Brasil traz ainda os seguintes serviços que também estão isentos:

1. Confecção de cadastro para início de relacionamento;

2. Fornecimento de cartão inicial com função débito;

3. Até 12 saques por mês*;

4. Fornecimento de até 8 extratos mensais*;

5. Consultas via internet sem limites;

6. Até 2 transferências entre contas na própria instituição;

7. Fornecimento de até 20 folhas de cheque*;

8. Até 3 transferências por meio de DOC ou TED;

9. Até 8 transferência entre contas da mesma instituição*;

10.
Compensação de cheques e fornecimento ao cliente pessoa física, até 28 de fevereiro de cada ano, de extrato discriminando, mês a mês, as tarifas cobradas no ano anterior.
Fique atento aos abusos e exija os seus direitos!


* Limite varia dependendo do pacote padronizado - saiba mais clicando aqui

Fonte: Site www.SOSConsumidor.com.br - 21/08/2014
Comentários
18 comentários

Destaques

Cadastre-se e receba notícias. É grátis!