Não é cadastrado, clique aqui!
Não é cadastrado, clique aqui!
Quarta-feira, 20 de agosto de 2014
Esquerda
Direita
Share
Publicada em 18/09/2007
6876 pessoas já leram esta matéria.  

Começam as inscrições para carta de crédito

Servidores municipais ativos e inativos interessados na casa própria por meio das cartas de crédito da Prefeitura podem acessar o site www.rio.rj.gov.br/previrio

Djalma Oliveira

Rio - O Previ-Rio começa hoje as inscrições dos servidores municipais ativos e inativos interessados na casa própria por meio das cartas de crédito da Prefeitura do Rio. Até o dia 31 de outubro, funcionários podem acessar o site www.rio.rj.gov.br/previrio. Quem preferir poderá ir à Divisão de Atendimento a Empréstimos e Financiamentos do Previ-Rio, no Centro Administrativo São Sebastião, Rua Afonso Cavalcanti, 455, Anexo, 8º andar, Cidade Nova, das 10h às 16h. No local, haverá um computador disponível.

Esta nova etapa do crédito imobiliário traz novidades. Os valores mínimo e máximo das cartas foram ampliados para R$ 40 mil e e R$ 240 mil, respectivamente. O prazo de quitação também cresceu de 15 para 30 anos. Já os juros seguiram o caminho inverso: o teto caiu de 12% para 8%, o que vai refletir também nos contratos que pagam taxas acima do novo teto. Os percentuais serão automaticamente reduzidos para o novo patamar máximo. E quem quiser também poderá ainda esticar o tempo de pagamento, em datas a serem definidas pelo Previ-Rio. Na nova fase da linha de crédito, servidores poderão escolher imóveis novos ou usados — desde que já estejam construídos — em todo o estado. Também serão concedidas cartas de crédito para quem já possui um imóvel e tem interesse, por exemplo, em adquirir uma casa de veraneio.

Desde 1995, quando a prefeitura começou a conceder cartas de crédito, já foram comprados 18 mil imóveis por meio desta modalidade. A expectativa do Previ-Rio é de que 20 mil pessoas se inscrevam. Caso a previsão se concretize e todos os inscritos possuam os requisitos necessários, o município irá superar, de uma só vez, o acumulado de 12 anos, já que não há restrição no número de cartas a serem concedidas ao funcionalismo.
Fonte: O Dia Online, 17 de setembro de 2007. Na base de dados do site www.endividado.com.br
Comentários
3 comentários

Destaques

Cadastre-se e receba notícias. É grátis!