Login
Honorários advocatícios sobre a rescisao indireta
Por: Eduardo, Belo Horizonte - MG
Enviada: 30/07/09 - 10:41:51
Meu advogado cobrou 20% sobre o que ganhei na audiencia contra meu patrao. pedi a rescisão indireta. foi feito um acordo lá na justiça do trabalho sendo acordado o pgto de um valor incluindo nele a multa de 40% do fgts. meu advogado está me covrando 20% do que acordo + 20% do meu fgts. achei que seria somente 20% sobre a causa não entrando o fgts. o que devo fazer ? qdo fui contratar a advogada ela não falou que iria cobrar sobre o fgts tbém. que devo fazer?

Respostas
Por: Wagna Braga Fernandes - OAB: 182.974/SP - São Bernardo do Campo - SP
Enviada: 30/07/09 - 11:02:06
Pagar, pois quando entramos com ação trabalhista, cobramos uma porcentagem sobre o que o senhor vier a receber dentro do nosso pedido. Se o FGTS foi pedido na peça inicial de seu advogado, ele tem direito pelo trabalho efetuado. O que manda é o contrato de honorários que fazemos com o cliente e na falta desse, o que está se pedindo no processo e o que a Tabela da OAB cobra em determinados serviços. Aqui em São Paulo, nós advogados cobramos 30% na esfera trabalhista do reclamante, sobre tudo o que se pede no processo, pois sem a nossa atuação, o cliente nada receberia, e caso o cliente não queira advogado particular, procure o de seu sindicato, que eles cobram 5%.ou não, dependendo do Sindicato. Como não se cobra as custas no inicio do processo e somento no final, chamamos de contrato de risco, ou seja, se o recvlamante ganhar com a nossa pericia em direito, ganhamos, caso contrario, nós advogados apesar de nos empenhar, gastar com condução,combustivel, estacionamentos, tinta de impressora, papel, tempo de idas ao forum para acompanhar o processo, abertura de pastas, telefonemas ao cliente etc, o que tiramos dos nossos bolsos para efetuar os pagamentos, se perdermos a causa desse cliente, não cobramos do nosso cliente, engolimos o prejuizo. Assim, além de cobramos 30% sobre tudo o que o reclamante tem direito(inclusive o seguro desemprego, se foi pedido e a cliente recebeu), ainda cobramos os estacionamentos e as custas extrajudicais, como cópias, etc., pois nossos clientes tem que ter a consciencia que trabalhamos com nossos conhecimentos e pericias no DIREITO, que seja do Trabalho, Civil. Muitos, além de passar 5 anos na faculdade, pagando e pelos livros, depois dessa ainda são obrigados a continuar estudando, fazendo pós graduação, mestredo, especialização e atualização, pois o DIREITO SEMPRE ESTÁ MUDANDO, EM CONSTANTE REFORMA e o advogado, para ser ótimo profissional, precisa sempre está acompanhando, estudando, pagando cursos e livros para não ficar desatualizado e isso, as vezes custa muito caro, sendo que os nossos recursos vem dos nossos trabalhos como advogados atra´vés dos honorários. Por isso, Sr. Eduardo, se o senhor contratou uma advogado para reclamar uma demissão indireta, que é o que o senhor queria sair mais para não perder seus direitos se fosse pedir demissão, e essa doutora, ganhou a causa, forçando a empresa a realizar um acordo, parabens pela sua escolha pela advogada, e nada mais que justo pagar os honorários devidos, pois com o acordo, a doutora deixou de ganhar mais, caso não tivesse acordo. Espero que tenha lhe ajudado e gostaria que o senhor tenha muitas felicidade e boa sorte no proximo emprego.