Não é cadastrado, clique aqui!
Não é cadastrado, clique aqui!
Qual seu grau de confiança na economia brasileira?
Horrível. Não há luz no fim do tunel e a cada dia fica pior. Já perdi as esperanças!
Péssimo. Vai piorar, vai demorar a estabilizar e vai demorar muito até começar a dar sinais de melhora.
Bom. Estamos passando por turbulências mas em breve o país voltará a crescer.
Muito bom. O pior já passou e já está melhorando.
Excelente. Não há crise econômica.
Ruim. Acredito que pode melhorar mais vai demorar.
Domingo, 05 de julho de 2015
Esquerda
Direita
Share
Dívidas
120929 pessoas já leram esta FAQ. 

Posso ser preso por dívidas ?

Somente pode haver prisão por dívidas em casos especiais, como a dívida de pensão alimentícia ou de estelionatários (pessoas que agiram com a intenção de praticar fraude e obter vantagem com o prejuízo de outras pessoas).

Porém, estes não são os fatos comuns que ocorrem.

A grande maioria das dívidas se deve ao descontrole de orçamento, fatos inesperados (perda de emprego, diminuição de renda, morte de familiar etc) e principalmente à falta de educação financeira somada ao consumismo exagerado e a utilização não racional do crédito "fácil" junto as instituições financeiras (cheque epecial, cartão de crédito, financiamentos, empréstimos, CDCs, etc) o qual traz a cobrança de altas taxas de juros mensais e faz as dívidas crescerem astronomicamente, tornando-se impagáveis em alguns meses.

Nestes casos não há prisão!

Mas atenção: seus credores podem colocar seu nome no SPC e/ou SERASA, protestar a dívida e entrar com ações judiciais para cobrar as dívidas com penhora de seus bens, caso não sejam pagas.

Leia: Dívidas e mais Dívidas: Dicas para você não entrar em desespero


Fonte: Site www.sosconsumidor.com.br

Comentários
11 comentários
Cadastre-se e receba notícias. É grátis!